Decorar + harmonia = Bem Estar

segunda-feira, 11 de julho de 2011

Escravidão das Aparências

Escravidão das Aparencias!

Vivemos em um mundo de estereótipos. Para uma mulher ser considerada bonita deve ter um belo sorriso, cabelos bem cuidados, pele de pêssego, corpo perfeito. Mas se paramos para pensar, quantas mulheres você conhece que seguem a risca essas “regras da beleza”? Poucas, eu suponho.
Esses quesitos fazem com que a grande maioria feminina queira se enquadrar. Além de mães, donas de casas, elas devem estar sempre bonitas e bem cuidadas. Tarefa nada fácil e que vem despertando até mesmo o interesse precoce de muitas adolescentes: a busca da mulher perfeita. A partir daí as comparações correm à solta.
Celebridades são julgadas todos os dias por gordurinhas fora do lugar ou uma roupa que não a valorizou. E a mídia critica fortemente, revistas de fofocas fazem ranking das mais belas, dos melhores vestidos. Ou seja, é uma disputa, e ninguém quer ficar de fora. Graças a isso, academias ficam cada dia mais cheias de mulheres dispostas a ficar horas se exercitando para conseguir um corpo enxuto. Mas existem também as que buscam um resultado imediato e se arriscam com procedimentos cirúrgicos.
Infelizmente, no Brasil a segunda opção é crescente. O aplique de silicone nos seios é o campeão entre as intervenções em clínicas estéticas. Mas há quem queira também os lábios de Angelina Jolie, por exemplo, ou o nariz de Charlize Theron, e mais uma vez, comparações.
Devido a tudo isso pode se concluir que as mulheres são julgadas por sua aparência e isso faz com que essa preocupação estética aumente. Isso se agrava nos dias atuais, em que a beleza e o corpo natural da mulher não são valorizados, os pequenos defeitos, que muitas vezes são apenas características próprias, únicas, passam a se tornar falhas que devem a qualquer custo ser corrigidas.
É preciso ter mais aceitação feminina, mais valorização de si mesma. Afinal de contas, seja como for, quilos a mais ou a menos, mulher é e sempre será sinônimo de fertilidade, beleza e feminilidade, e esse título é sem dúvida incomparável.
Imagens: google images



Será que conseguiremos sair desse martírio estético, onde se julga pela fantasia e não o que é real numa pessoa ! ?
Seu modo  de Ser como individuo...

Nenhum comentário: