Decorar + harmonia = Bem Estar

segunda-feira, 27 de junho de 2011

Yin e Yang

TODOS SOMOS ASSIM... 
TEMOS O POSITIVO E O NEGATIVO... 
O NOSSO EU-SOMBRA E O NOSSO EU-LUZ!
 PRECISAMOS CONHECER A NÓS MESMOS,
 POIS NO FUNDO SOMOS TODOS IGUAIS: 
NO FUNDO QUEREMOS SER FELIZ!
( Carmelo Barata)
MEU YIN E MEU YANG



sábado, 25 de junho de 2011

Quem feri guarda em si o potencial de ser ferido!

Quem feriu você já feriu e já passou...
Lá na frente encontrará o inevitável reto...rno e pelas mãos de outrem será ferido também.
A vida se encarregará de dar-lhe o troco e você, talvez, nem jamais fique sabendo.
O que importa de verdade é o que você sentiu e, mais importante, é o que ainda você sente:
Mágoa? Rancor? Ressentimento? Ódio?
Você consegue perceber que esses sentimentos foram escolhidos por você?
Somos nós que escolhemos o que sentir diante de agressões e de ofensas.
Quem nos faz o mal é responsável pelo que faz, mas NÓS somos responsáveis pelo que sentimos.
Essa responsabilidade tem a ver com o Amor que devemos e temos que sentir por nós mesmos.
O ofensor fez o que fez e o momento passou, mas o que ficou aí dentro de você?
MÁGOA- Você sabia que de todas as drogas ela é a mais cancerígena?
Pela sua própria saúde,jogue-a fora.
RANCOR- Ele é como um alimento preparado com veneno irreconhecível: dia mais, dia menos, você poderá contrair doenças de cujas origens nem suspeitará.
RESSENTIMENTO- Pois imagine-se vivendo dentro de um ambiente constantemente poluído, enfumaçado, repleto de bactérias e de incontáveis tipos de vírus: é isso que seu coração e seus pulmões estão tentando agüentar.
Até quando você acha que eles vão resistir?
ÓDIO- Seus efeitos são paralisantes. Seu sistema imunológico entrará em conflito com esse veneno que com o tempo poderá colocar você face a face com a morte e talvez muito tarde você venha a perceber que melhor seria ter deixado que seu agressor colhesse os frutos do próprio plantio.
Por seu próprio Bem e pelo seu Bem, perdoe...
O perdão o libertará e o fará livre para ser feliz!
Esqueça o mal que lhe foi feito.
Deixe que seu ofensor lembre-se dele através das conseqüências com que, certamente, virá a arcar.
Mude seu destino ... seja o comandante da sua nau!
Escolha o melhor caminho para sua "viagem."
E se outras vezes o ferirem, perdoe ...Perdoe ...
Como Cristo perdoou os que o crucificaram.
Paz e Luz pra você!

(autor desconhecido)

SER CHIQUE SEMPRE

Nunca o termo "chique" foi tão usado para qualificar pessoas como nos
dias de hoje.

A verdade é que ninguém é chique por decreto. E algumas boas coisas da
vida, infelizmente, não estão à venda. Elegância é uma delas.
Assim, para ser chique é preciso muito mais que um guarda-roupa ou
closet recheado de grifes famosas e importadas. Muito mais que um belo
carro Italiano.

O que faz uma pessoa chique, não é o que essa pessoa tem, mas a forma
como ela se comporta perante a vida.

Chique mesmo é quem fala baixo.
Quem não procura chamar atenção com suas risadas muito altas, nem por
seus imensos decotes e nem precisa contar vantagens, mesmo quando
estas são verdadeiras.

Chique é atrair, mesmo sem querer, todos os olhares, porque se tem
brilho próprio.

Chique mesmo é ser discreto, não fazer perguntas ou insinuações
inoportunas, nem procurar saber o que não é da sua conta.

É evitar se deixar levar pela mania nacional de jogar lixo na rua.

Chique mesmo é dar bom dia ao porteiro do seu prédio e às pessoas que
estão no elevador.
É lembrar-se do aniversário dos amigos.

Chique mesmo é não se exceder jamais!
Nem na bebida, nem na comida, nem na maneira de se vestir.

Chique mesmo é olhar nos olhos do seu interlocutor.

É "desligar o radar", "o telefone", quando estiver sentado à mesa do
restaurante, prestar verdadeira atenção a sua companhia.

Chique mesmo é honrar a sua palavra, ser grato a quem o ajuda,
correto com quem você se relaciona e honesto nos seus negócios.

Chique mesmo é não fazer a menor questão de aparecer, ainda que você
seja o homenageado da noite!

Chique do chique é não se iludir com "trocentas" plásticas do
físico... quando se pretende corrigir o caráter: não há plástica que
salve grosseria, incompetência, mentira, fraude, agressão,
intolerância, ateísmo...falsidade.

Mas, para ser chique, chique mesmo, você tem, antes de tudo, de se
lembrar sempre de o quão breve é a vida e de que, ao final e ao cabo,
vamos todos terminar da mesma maneira, mortos sem levar nada material
deste mundo.


Portanto, não gaste sua energia com o que não tem valor, não
desperdice as pessoas interessantes com quem se encontrar e não
aceite, em hipótese alguma, fazer qualquer coisa que não lhe faça bem,
que não seja correta.

Lembre-se: o diabo parece chique, mas o inferno não tem qualquer glamour!

Porque, no final das contas, chique mesmo é Crer em Deus!

Investir em conhecimento pode nos tornar sábios... mas, Amor e Fé nos
tornam humanos!

GLÓRIA KALIL.

sexta-feira, 24 de junho de 2011

Tortinhas de Frango Especial

 Autor:  Etti



Ingredientes


  • 6 fatias de pão de forma integral
  • 2 colheres (sopa) de óleo
  • 1 cebola pequena picada
  • 3 dentes de alho picados
  • 600g de peito de frango em tirinhas
  • 2 colheres (sopa) de Mostarda ETTI
  • 3 colheres (sopa) de Molho Inglês ETTI
  • 1 embalagem de creme de leite (200g)
  • Salsinha picada a gosto
  • Tempero para Aves, Peixes, Legumes e Saladas ETTI a gosto
  • 2 colheres (sopa) de queijo parmesão ralado

Modo de preparo

1
Forre 6 tigelinhas untadas (8cm de diâmetro) com o pão. Reserve.
2
Aqueça o óleo e refogue a cebola e o alho. Acrescente o frango e frite bem até dourar bem.
3
Junte os demais ingrediente

Desatando os nós!

Que tal a gente tomar coragem para
desatar os nós que amarram nossas vidas?

Pelo menos, podemos tentar...

Não vai ser fácil... Sabemos que hábitos
são verdadeiros "nós cegos"...
Não se sabe onde começam nem como terminam...

Atrás dos hábitos se escondem nossas
verdadeiras carências afetivas...
E os hábitos que foram criados para
compensá-las, acabam por nos impedir de
que as enxerguemos com clareza.
Que nó danado!

Aí a pessoa se apressa, faz aquele regime
maluco e consegue perder até a alma...
ou pára de fumar aqueles três maços de
cigarros do dia, ou de beber a garrafinha
escocesa da noite... até se afasta daquela
pessoa que só traz dores de cabeça...
Que maravilha!!!

Mas, passado um tempo, volta tudo a ser
como antes...
E o nó vai ficando pior ainda, né?

De tudo que tenho visto, o mais
interessante e simples a seguir é a:
a receita do Nenê:

Acordar cantando...
(não vale chorar nem acordar a casa
toda, né?)...

Espreguiçar-se bastante, antes de
se levantar da cama...
(ainda lembra o que é?)...

Pegar todo dia o solzinho da
manhã, de preferência, acordando
mais cedo para uma caminhada
sem pressa...

Mostrar que quem a gente ama é
muito importante para nós...

Pedir colinho, sempre que possível
(às vezes, a gente tem que dar também)...

Beber muita água e fazer muito
"xixi".

Fazer primeiro, para receber
depois: muito dengo e carinho...
MIAAAAAU!!!!

Confiar e amar quem a gente
ama, cada vez mais...

Ignorar todos os chatos que
não gostam de criança, de flor, de
carinho, (de e-mail), e de nós...

Dar atenção a todos que se
aproximam de nós, mesmo a quem
acabamos de conhecer...

Adorar ouvir o que as pessoas
(que a gente ama) falam ou
respeitar o que fazem...

Sorrir para todos e para a gente
mesmo... E rir, rir, mas rir muito,
sempre que não tiver motivo pra
chorar...


Vamos experimentar!?
Depois de um tempo, você vai
esquecer ou me perguntar:

Cadê o nó?

Autora Angela Moura