Decorar + harmonia = Bem Estar

segunda-feira, 24 de março de 2014

Atemporais?




Hoje vamos falar sobre a arte atemporal, 
aquela que mesmo com a mudança 
de século, está sempre presente
 servindo de inspiração para a 
moda e decoração, deixando de 
ser admirada só nos livros e museus,
 mas participando cada vez mais
 do dia-a-dia de todos, em releituras contemporâneas e aplicadas em diferentes segmentos.
" Não acredito nas épocas nem nas datas. 
Não acredito. Me nego a dar valor a alguma coisa se baseando na data.
Piero Fornasetti

Para iniciar, vou começar escrevendo sobre um artista Italiano do século passado que foi um dos mais criativos e revolucionários, mas que ainda inspira o mundo da arte, design e moda. Piero Fornasetti (1913-1988) foi um artista visionário, autor de mais de 13 mil obras. 

Foi pintor, escultor, decorador, ilustrador de livros de arte e cenógrafo. Criou suas obras, que são facilmente reconhecidas até hoje, com um vocabulário rico em imaginação e humor, descrevendo um mundo paralelo mágico, cheio de fantasia e surrealismo. Fornasetti nunca seguiu a moda, pelo contrário, antecipou.

Inspirado pela beleza clássica e enigmática da cantora de ópera Lisa Cavalieri, quando viu sua foto em uma revista do século XIX, Fornasetti transformou a imagem do rosto de Lisa, segundo ele "a mulher mais linda do mundo", em uma série com mais de 350 expressões de seu rosto impressas em pratos de porcelana.
As faces enigmáticas se tornaram ícones de sua obra.

Suas inconfundíveis criações continuam a nos surpreender. Seu filho e herdeiro, Barnaba Fornasetti, que tem paixão pela fascinante obra do pai, é o responsável pela reedição de algumas obras de Piero e, também, reinventa algumas novas peças, sempre respeitando a linguagem, tradição e método artesanal criado pelo pai.

Barnaba trabalha para que a imagem da marca Fornasetti não seja transformada em mais uma marca de luxo que possa sair de moda. Seu foco é que todas as peças sejam atemporais com o valor obtido através do uso das técnicas tradicionais.
O talentoso Barnaba Fornasetti perpetua o legado do pai, reeditando as mais significativas e criando e reinterpretando novas peças.

Em 2013, Piero Fornasetti completaria 100 anos, então foi organizada uma mostra em sua homenagem no Triennale Design Museum em Milão, que finalizou no mês passado, dia 8 de fevereiro . Sob a curadoria de Barnaba Fornasetti, foi a primeira grande mostra sobre o artista na Itália.

Com a ocasião da mostra Fornasetti em Milão, fiquei ainda mais atenta aos elementos e mix de arte na decoração atual. Fui percebendo que as lojas de design e moda, aqui em Florença, estão cada vez mais "bebendo na fonte da arte". Nas últimas semanas de moda, no street style e nas vitrines atuais, os elementos conectados ao pop art, por exemplo, também estão super em alta e são uma tendência da temporada.

Moschino cheap&chic Roy Lichtenstein - Bolsa Celine inspirada no Mondrian - Nova coleção Prada inspirada em pop Art.
Moschino cheap&chic Roy Lichtenstein - Bolsa Celine inspirada no Mondrian - Nova coleção Prada inspirada em pop Art.
Nos últimos dias, fotografei algumas lojas de design aqui de Florença, encontrei vários elementos com releituras contemporâneas conectados a Fornasetti e também à arte clássica.

Outro exemplo de arte e design contemporâneo é a coleção The Trip PIXEL feita pelo Studio Badini Breateam para a empresa italiana Seletti. É uma combinação entre mobiliário antigo com a adição de uma imagem de arte clássica, porém, pixelada e tecnológica. Uma releitura divertida com contraste entre o novo e o antigo.



O bacana de tudo isto é que nosso presente, muitas vezes, é o nosso passado reinterpretado e revisto. 

Cabe ao designer saber buscar o que realmente tem peso e significado. 
 Marcela Schneider Ferreira

Nenhum comentário: